Técnica Jedi para esconder as malas

Comentários 5 Padrão

Independente se o seu quarto no intercâmbio é grande ou pequeno você sempre vai ter um problema ou incomodo. Tentar colocar as malas num canto que não ocupe espaço e não fique enchendo o saco no caminho. Se vocês vierem em casal dai ferrou porque serão no mínimo 3 malas grandes pelo caminho.

No nosso primeiro ano estávamos num quarto bem pequeno e as malas ficavam no lado da cama atrapalhando um pouco na hora de sair. No inicio desse segundo ano em Dublin mudamos para um quarto bem maior só que lá estava as malas pelo caminho novamente. Como não temos o famoso quartinho da bagunça no apartamento o jeito seria colocar em cima do quarda roupas, o que não foi possível porque ele é muito alto ou num canto do quarto onde certamente ocuparia espaço. Quando fomos virar a cama logo no primeiro dia me lembrei de quando trabalhava numa loja e sempre via o pessoal montando esse tipo de cama box. Elas são totalmente abertas por baixo então lá fui eu inventar um quarda malas.

Pelo que já vi nas casas a maioria das camas é assim então o processo é bem simples. Primeiro você deve tirar o colchão e com uma faca ou chave de fenda tirar os grampos que prendem esse plástico na parte de baixo. Depois coloque as malas ou qualquer tralha, puxe o plástico e deite a cama de novo. Prontinho, desapareceu todas as coisas que ficam pelo caminho.

Prenda o plástico com uma fita porque possivelmente você vai precisar pegar alguma coisa na mala em algum momento e ai precisará abrir tudo de novo. Depois quando for sair da casa basta passar prender esse plástico cola uma fita adesiva e deixa tudo novinho em folha.

Anúncios

O que trazer na mala – Parte III

Comentários 9 Padrão

Bem quando falamos de eletrônicos a primeira coisa que temos que ter consciência é que a voltagem aqui é 220v. A segunda coisa é saber que as tomadas são diferentes como já vimos aqui mesmo no blog. Bem já temos então as duas regras principais do universo eletrônico Irlandês.

Ok, vamos lá então falar de alguns ítens que consideramos importantes nesse processo:

1) Câmera fotográfica: Foi a primeira coisa que eu botei na mochila pois imagina só vir pra um intercâmbio e não trazer uma maquina para registrar tudo. Obviamente nem todo mundo tem câmera ou gosta de fotos mais pelo menos 90% das pessoas tem esse hobby. Câmeras aqui são muito baratas, a partir de 60 euros você ja consegue comprar um modelo compacto Sony ou Sansumg. Acho que todo mundo tem vontade de trocar a sua câmera compacta por profissional e isso é possível aqui. Com cerca de 500 euros você ja compra uma Canon, Sony ou modelo que trocam de lente. Então quem tem a ideia: aaaaaaaa nem vou levar a minha porque vou comprar outra lá quando chegar pode fazer isso sim porque não? Uma dica que eu dou é que espere um pouco para começar a comprar coisas aqui, quando chegamos ainda não conhecemos as lojas, as promoções e tudo que acontece na cidade então tenha calma para poder ganhar um bom desconto.

2) Notebook: Tambem item de extrema necessidade pois queremos no comunicar com o pessoal no Brasil, contar as novidades, postar as primeiras fotos no facebook e depois vamos precisar dele também para procurar uma casa, fazer um Cv, procurar emprego e consultar mapas. Eu acredito ser um item de extrema necessidade então quem tem traga mesmo se tem plano de troca-lo. Em geral um netbook custa 230 euros e um notebook a partir de 300 euros e olha que são marcas boas como samsung, toshiba, sony vaio etc… Claro se o seu esta velhinho ou não tem deixe mesmo pra comprar um por aqui que é muito, mais muito mais barato do que no Brasil.

3) Mp3, Ipod e tocadores diversos: Compensa trazer também, depois se você quiser claro pode troca-lo por um mais moderno. Eles não ocupam muito espaço na mala.

Bem esses itens você tem que trazer na mochila porque pode quebrar na mala de porão que fica rolando pra la e pra cá nos aeroportos.

4) Chapa, secador, ferro de passar e produtos femininos: Esses são muito baratos aqui. A Stéfane comprou um secador Philips de 1000000000 volts e não sei o que por 19 euros, um daqueles bem grandes. Eu acho que chapa e outras coisas se couberem na mala não faz mal trazer, claro sendo 220v.

5) Celular: Quase todo mundo quer trocar de celular porque aqui também é muito barato mais tenha calma porque se você chegar e ja gastar 500 euros num Iphone pode passar aperto depois a não ser que traga uma boa reserva de dinheiro. Qualquer celular do Brasil funciona aqui na Irlanda desde que esteja desbloqueado. Você pode chegar e ja comprar um chip e créditos no aeroporto mesmo pra ligar pra família. Se você quer um celular basicão vai poder comprar um por 20 ou 30 euros na vodafone ou rua da feirinha nas lojas chinesas. Tem um celular que é muito legal da Vodafone que custa 59,90. Ele tem android, wifi e todas as outras funções dos principais smartphones do mercado, mas claro é um pouco lento. Eu comprei um desses e me atendeu muito bem podendo mexer em qualquer programa ou aplicativo. Agora depois de quase 1 ano aqui eu troquei por um melhorzinho. Todos os celulares vendidos nas lojas de operadoras são bloqueados. Os pre-pagos depois de um valor x de recarga podem ser desbloqueados mais os de conta não tenho a informação correta. Existem lojas china que vendem Iphone desbloqueado mais eu pessoalmente não arriscaria. Uma boa saída é comprar um adaptador de chip que desbloqueia sozinho mais tem uma seria de gambiarras a serem feitas. Como sou novo no ramo de smartphone não tenho todas as informações. Mais pra frente posto sobre o assunto.

6) Outras coisas que gente curiosa gosta: Eu como sou curioso e precavido trouxe ainda uma extensão grande de energia já que o meu computador tinha a tomada do Brasil. A Stéfane também tem uma chapa com tomada do Brasil então pensei: se formos usar não sei como são as tomadas e se comprar uma extensão na Irlanda terei que usar um adaptador. Como já tinha essa extensão coloquei na mala e quando cheguei aqui apenas comprei o plug com o formato daqui. Foi bom porque na cozinha sempre usamos algumas coisa que precisa dela. Coloquei na mala ainda um pequeno cabo de rede que eu tinha, uma pequena chave de fenda, fita adesiva e outras coisas que não ocupam espaço. Claro tem tudo aqui podem ficar tranquilos mais se já que tenho no Brasil porque vou precisar comprar aqui? É a minha forma de pensar claro, não sei se é certa ou errada. No caso dos celulares o jeito é usar um adaptador mesmo, que pode ser comprado em qualquer supermercado ou lojas de 2 euros. Agora os computadores eu recomendo comprar a ponta do cabo que custa quase o mesmo preço e fica muito mais fácil de mexer. Essa ponta pode ser comprada na rua da feirinha também em qualquer loja china. Se a sua fonte do notebook queimar aqui não se preocupe é normal. Tecnicamente todas as fontes de computadores são 220v mais acho que deve ter alguma coisa na corrente elétrica que queima as fontes aqui. Se isso acontecer você terá que gastar entre 30 e 40 euros numa nova também na rua dos china ou em sites de comercio da Irlanda.

Cabo para fonte de notebook e netebook

Acho que a principal coisa a se fazer é ter em mente quantos euros você tem e quanto tempo pretende ficar aqui. Se o dinheiro estiver sobrando compre tudo que quiser e seja feliz claro porque tudo realmente é muito barato. Agora se você pretende ficar um tempo maior e a grana esta curta como foi com a gente seja cauteloso. Traga tudo o que você tiver no Brasil e só troque aqui depois que já estiver tranquilo financeiramente e principalmente na “estabilizado” no emprego. Eu já tive amigos aqui que chegaram e compraram logo de cara um iphone e um notebook gastaram 1000 conto e depois pensou que iria conseguir algo rápido. Resultado se deu mal e tiveram que voltar pro Brasil, levou os aparelhos claro mais tiveram que voltar antes do previsto. É a mesma coisa em relação a roupas, calçados etc… Aqui tudo é muito barato mais imagina se você tiver que chegar e comprar tudo novo, vai ser um estrago no banco e depois esse dim dim vai fazer falta com certeza. Tenha paciência planeje as coisas com carinho que da tudo certo.

Lojas que gostamos:

Argos
Pc World
Game Stop
Philips
Smyths
Peats
Maplin

Sites que gostamos:

GumTree
DoneDeal
Ebay
Amazon

Operadoras

Vodafone
Three
Meteor
O2
Tesco (isso mesmo o testo tem uma operadora de celular.

Chegamos ao fim da nossa série; O que trazer na mala. Veja outros posts relacionados com esse assunto:

O que trazer na mala – Parte I
o que trazer na mala – Parte II
Operadas de celular – Resumão
Quanto custa uma mala em Dublin?
Compensa trazer cigarros pra vender?

Você é daqueles que gostam de “ver” com as mãos?

Comentário 1 Padrão

Quando você vai comprar alguma coisa você se contenta em ver apenas fotos num catalogo ou é daqueles que precisam “ver com as mãos” para se ter certeza da compra?

Comprar na loja Argos em Dublin é uma maravilha por causa dos preços baixos que provavelmente você não encontrará em nenhum outro lugar principalmente se tratando de eletrônicos como câmeras digitais e alguns utensílios para casa como torradeiras, liquidificadores e panelas (para notebooks vale a pena dar uma passada na PCWORLD antes de fechar) mais sempre tive um problema. Sou daqueles que gostam de “ver com as mãos”, gosto de pegar no produto, analisar e testar porque não? Com menos de 0,5% dos produtos expostos temos que nos contentar em escolher os produtos escolhendo usando catálogos encotramos uma descrição perfeita com dados técnicos, fotos e todas as informações possíveis, entretanto nunca fico satisfeito. Recentemente precisei comprar uma mochila e lá fui eu pra Argos com a pulga atrás da orelha: como vou comprar uma mochila sem abrir ela e ver por dentro, colocar nas costas, sentir realmente a bendita? É impossível. Eu como mineiro curioso perguntei se não dava pra vê-la antes de comprar a para minha surpresa a atendente disse que sim.

Confira o texto completo na minha coluna semanal do blog Dublin para Brasileiros.

Você sabe o que é BASIL?

Comentários 2 Padrão

Quando cheguei aqui via várias placas nas portas dos restaurantes com um cardárpio que incluia BASIL, ficava pensando o que será isso porque ou é um gago falando Brasil ou escreveram alguma coisa errada. Depois que comecei a trabalhar no restaurante descobri por acaso que o BASIL aqui é o nosso famoso manjericão hehehehe.

Claro que não sei ainda o nome de tudo em inglês então essa dica vai para quem esta planejando e para quem já esta aqui, uma lista com vários vegetais.

OBS: Podem haver variações do nome dependendo do lugar porque como já vimos aqui na Irlanda várias cosias tem nomes ou pronuncias completamente diferente do inglês americano.

Roots (raizes)
Beet (beterraba)
Carrot (cenoura)
Radish (rabanete)
Turnip (nabo)
Ginger (gengibre)

Cabbages (repolhos)
Brussels (couve de bruxelas)
Green or red cabbage (repolho verde e roxo)
Napa cabbage, or Chinese cabbage (acelga)

Stems (caule)
Anise (anis)
Asparagus (aspargo)
Celery (salsão ou aipo)
Fennel (erva-doce fresca)
Hearts of Palms (palmito)

Onions (cebolas)
Green Onion (cebolinha verde)
Leek (alho poró)
Onion (cebola)

Tubers (tubérculos)
Potato (batata)
Sweep potato (batata doce)
Cassava, manioc, yucca ou tapioca root (mandioca)
Yams (inhame)

Leafy Greens (Folhas)
– Salad Greens (Folhas para Saladas)
Escarole (escarola)
Lettuce (alface)
Chicory (chicória)
Rucola (rúcula)
Watercress (agrião)
Dandelions (almeirão)

Cooking Greens (Verduras para Cozinhar)
Spinach (espinafre)
Collard Greens (couve-manteiga)

Sea Vegetables (vegetais do Mar)
Marine Algae (alga marinha)

Flowers (Flores)
Artichoke (alcachofra)
Cauli-flower (couve-flor)
Broccoli (brocolis)

Fresh Beans and Edible Pods (Feijões frescos e vagens comestíveis)
Green Beans (vagem)
Okra (quiabo)
Snow pea or Chinese snow pea (ervilha fresca)
Fresh peas (ervilhas frescas)

Fruit Vegetables (“Legumes” que na verdade são frutas)
Tomato (tomato)
Eggplants (berinjela)
Cucumber (pepino)
Olives (azeitonas)
Sweet peppers ou bell peppers (pimentões)
Winter squash (squash)

Sprouts (Brotos)
Alfalfa sprouts (broto de alfafa)
Bean sprouts (broto de feijão)
Soybean sprouts (broto de soja)

Other Vegetables
Pumpkin (abóbora)
Zucchine (abobrinha)
Mushrooms (cogumelos)

Miscellaneous
Pickles (picles)
Pickled onions (cebolinha em conserva)
Dehydrated mushrooms (Funghi Secci)

Fonte: English Experts

Que tal ir ao banco e colocar sua bike do lado de dentro?

Comentários 5 Padrão

Tem umas coisas aqui em Dublin que me surpreendem muito e fico pensando, o que é a boa vontade de um governo, de uma administração em prol da sociedade. Claro que a Irlanda é um pais infinitamente menor que o Brasil o que torna “teoricamente” mais faceis as coisas entretanto vemos pelas ruas alguns pequenos fatos que mostram claramente a intensão de ajudar a população. Andar de bike em Dublin faz parte da cultura, vemos pessoas de todas as idades, passeando, indo pro trabalho e porque não trabalhando. Para todos essas pessoas vi dois fatos muito legais semana passada. Para quem precisa pegar trem “dart” você pode ir até a estação e entrar com a bike dentro do trem fazer o trecho e depois seguir com sua bike. A outra coisa é que você pode deixar sua querida bike dentro do banco (não sei se todos, vi essa no Bank of Ireland que fica na Talbot Street). Já vi bikes também dentro de algumas lojas, supermercados e outros estabelecimentos.

A foto ficou meio tremida pois quando fui tirar a foto o dono a bike saiu do caixa hehehehehehe. No mês passado a GARDA fez uma campanha nas estações do LUAS sobre fatos para aumentar a segurança e entre eles um banner falava do roubo de bikes. A maioria das bikes trancadas pelas ruas usam cadeados bem grandes, uns prendem só o quadro, outros prendem as rodas e tiram o banco. Cada um cuida da sua magrela como dá, o certo que mesmo achando a cidade muito segura realmente existem roubos de bikes. Recentemente meu flatmate espanhol teve a sua roubada bem aqui na porta de casa, detalhes estava trancada com um pequeno cadeado, mais estava. A dica é trancar em algum poste ou grade porque ai sim pelo menos os meliantes não vão carrega-lá. Por falar nisso até as motos costumam ser trancadas dessa maneira.

Dicas para economizar energia na Irlanda

Comentários 4 Padrão

Quando ainda estamos no planejamento de um intercâmbio na Irlanda ficamos sempre sabendo algumas curiosidades, que são totalmente diferentes das coisas que estamos habituados no Brasil. Uma das diferenças que temos que nos acostumar é sobre a conta de energia elétrica, que só pagamos a cada dois meses. No início achei muito estranho e logo pensei: vai vir uma bomba impagável porque se no Brasil a cada mês já temos uma “facada” imagina a cada dois meses? Mais as coisas são bem mais simples do que pensamos, e com algumas dicas básicas você pode economizar e entender como funciona sua conta de energia aqui na terra verde.

Veja o texto completo na minha coluna semanal no blog Dublin para Brasileiros.

Como ir do aeroporto até sua acomodação?

Deixe um comentário Padrão

Muita agente me pergunta como funciona o serviço de transfer e qual a melhor opção. São muitas pessoas prestando o serviço e mais ainda são os valores cobrados. Já vimos casos por exemplo que a agência cobrou 150 euros pelo transporte e muitos casos também que a pessoa simplesmente não apareceu no aeroporto deixando os alunos sem orientação e sem transporte.

Para atender essas pessoas com qualidade e pontualidade fechamos uma parceria com a Fastaxi aqui de Dublin. Escolhemos essa empresa para fazer esse serviço através do blog porque conhecemos pessoalmente o trabalho e como sempre, só recomendamos aquilo que já testamos e podemos confiar. Fechando com a Fastaxi através do blog você será recepcionado no aeroporto com a placa do seu nome e encaminhado até sua acomodação com segurança e pagando um valor justo. Além do serviço de transporte em português ou inglês você ganhará uma assessoria do blog para as duas primeiras semanas por telefone ou até mesmo pessoalmente dependendo da nossa disponibilidade.

Nossa parceria se estende também para a realização de outros serviços:

– Transporte para o aeroporto
– Mudanças
– Trip (Galway, Belfast, Rope Bridge, cliffs of Moher)
– Primeiros passos
– Suporte e transporte aos estudantes para primeiro dia de aula, entrada da documentação, abertura de conta e retirada do GNIB.

Então você que é nosso visitante e esta planejando sua viagem pra Dublin é só entrar em contato com a gente para saber os detalhes, valores e condições através do e-mail andreestefane@hotmail.com ou meu Facebook.

Em breve teremos outras parcerias para facilitar a vida dos visitantes do blog, tudo com qualidade e nossa aprovação, afinal não colocaríamos o nosso nome ou do blog relacionados a empresas que não fossem sérias.