Porque as pessoas não conseguem trabalho na Irlanda? O que pode estar acontecendo?

Comentários 24 Padrão

Antes de vir pra Irlanda sempre ficava pensando na terrível experiencia que é sair entregando currículo. Quem já passou por isso, acho que 90% da população mundial sabe que não é uma das tarefas mais agradáveis porque entrar num lugar desconhecido para deixar um currículo pode trazer danos psicológicos a qualquer pessoal. O fato de alguém apenas pegar o seu Cv e jogar num canto é muito ruim mais o importante é tentar e tentar. Quando cheguei aqui na Irlanda fiz uns 5 curriculos diferentes e sai por ai entrando em tudo que lugar para deixar meu currículo e deu certo. Consegui 2 chances em restaurantes onde acabei ficando no italiano como falei aqui a pouco mais de 1 ano atrás. Depois que comecei a trabalhar aqui na NED ainda enviei meu currículo pra uma empresa que trabalhar com bebidas, fui chamado e acabei de completar 1 ano lá também. A Stefane quando voltou do aupair também fez essa mesma coisa e saiu pela cidade entregando de porta em porta sem medo e logo no segundo dia conseguiu um teste. Ela esta trabalhando no mesmo lugar até hoje. Nessa parte uma coisa é certa, quanto mais tentar melhores serão as suas chances de sucesso e principalmente de retorno positivo porque a sua grande chance vai ser chegar no lugar em que o cara esta precisando urgente de alguém. Eu sempre falo isso, quanto mais tentar melhores serão as possibilidade de sucesso. Enviar pela internet funciona também só que as chances são menores. Sei ainda que existem dezenas de empregos diferentes mais os empregos iniciais que geralmente pegamos como bar, restaurante, hotel etc.. .certamente indo pessoalmente sua chances crescem consideravelmente.

Essa parte inicial é apenas uma dica porque o grande problema mesmo da maioria das pessoas é a falta de cuidado e principalmente falta de preparo do currículo. Recentemente fui convidado por 2 Irish que tem uma empresa em Dublin para auxiliar no processo de triagem de algum currículos para as vagas que eles procuravam. Nesse caso o currículo foi recebido por e-mail então a primeira parte que eu falei não se aplica mais a parte do currículo é a mesma. Não posso dar muitos detalhes do que se tratava mais posso citar as loucuras que vimos. A grande maioria dos currículos eram de brasileiros e eles me passaram algumas coisas que queriam para conseguirmos chegar a um numero bom de candidatos. Eles não estavam buscando pessoas com grande experiência ate mesmo porque o trabalho era simples e qualquer pessoa pode fazer mais algumas coisas me deixaram assustados e comecei a entender porque tantas pessoas não encontram trabalho. Eu não fui carrasco em nenhum momento até mesmo porque não conhecia ninguém que estava ali e só segui a orientação do pessoal,  nessas oportunidades você não pode privilegiar ninguém e ser profissional acima de tudo claro. Depois disso gostaria de destacar algumas coisas:

– Um currículo tem que ser preparado com carinho para cada empresa porque as pessoas enviam um arquivo com o nome de outra empresa como: Cv. Andre SPAR … eles enviam pro Tesco por exemplo. Esse detalhe faz a diferença. Outra coisa é que você tem que ter um Cv diferente para cada lugar porque não adianta entregar um currículo com experiência de cozinha para trabalhar como atendimento ao cliente. Quando cheguei aqui fiz 6 currículos diferentes, muita das coisas eram mentiras porque nunca tinha feito mais e dai. Eu queria é que o cara me chamasse pra um teste, fato que geralmente acontece. De ser verdade ou não e depois ir bem no teste é outra coisa. Não tem problema nenhum, claro depois você ter que dar conta do teste. Essas dicas claro são para empregos comuns, não estou falando de vagas especializadas ou oportunidades que exigem longos processos de contratação.

– Experiência Fake: Como disse acima não tem problema mentir, claro que não só que temos que saber mentir porque imagine essa situação. Você esta aplicando para uma vaga de cleaner. Ótimo qualquer pessoa sabe fazer esse trabalho só que se você tem vamos supor 30 anos e coloca lá n cv que você trabalhou de cleaner durante toda a vida, poxa tem alguma coisa errada. A geração de hoje é muito ligada e certamente qualquer pessoas conseguiria uma vaga pelo menos em um serviço administrativo. Não adianta também um currículo onde você vai colocar que trabalhou na UNILEVER, HP, NASA, APPLE E PRO GOVERNO SECRETO DOS ESTADOS UNIDOS e vai aplicar para a mesma vaga de cleaner, o cara da empresa vai pensar: Se esse cara é tão foda assim ele não vai aguentar trabalhar aqui. É uma questão de lógica as coisas, tem que mesclar pra dar certo.

– Muitas pessoas colocam referencias do Brasil, eu acho até valido só que dificilmente uma pessoa vai ligar no Brasil para pedir uma referencia. Um site é bem vindo nesse caso. Se você conhece alguma pessoa na Irlanda ai sim faz diferença. Se você ja trabalhou deve colocar o seu antigo boss mais se ainda não trabalhou e tem um amigo Irish esse cara pode te ajudar colocando o telefone dele. Eu sempre falo que o primeiro emprego que é o mais difícil porque ninguém te conhece mais depois desse os outros vão ser fáceis.

– Um currículo organizado e bem dividido chama a atenção pela simplicidade. Aqui não existe um tipo de currículo especifico mais o simples é sempre recomendado. Não adianta encher de coisas porque quase sempre o inglês do google fica muito errado e o dono da empresa vai desistir de ler seu Cv logo no inicio. Coloque logo no inicio o telefone, nome e endereço porque é isso que a pessoa vai querer saber. Aqui ninguém tem habito de colocar dezenas de telefones no Cv principalmente falando se é Vodafone, O2, Tesco enfim … isso é no Brasil aqui todo mundo liga pra qualquer telefone. Quando mais telefones você colocar pior porque o que você colocar pode estar desligado e dificilmente ele vai tentar ligar no outro. Isso aconteceu varias vezes. O Cv aqui é igual ao do Brasil, então não crie um livro que ninguém vai ler.

– Cuidado com as fotos. Nem todas as empresas pedem foto então pode ser que a foto atrapalhe enquanto a ideia é ajudar. Se for colocar uma foto escolha uma foto apropriada porque recortar foto de festa de colocar não ajuda em nada. Nada como uma foto bonita com uma roupa adequada. Algumas pessoas colocaram fotos até com copo na mão…. lamentável.

– Pra essas vagas que eu ajudei eles não queriam saber no que as pessoas tinham trabalhado e eles estavam olhando mesmo a idade e principalmente se já tinham trabalhado na Irlanda porque isso indicava que a pessoa já tinha pelo menos uma pequena experiência aqui. Se você não tem nenhuma referencia da Irlanda não tem problema porque se o cara precisar ele vai te chamar mesmo sabendo que você nunca trabalhou por aqui.

Eu poderia aqui enumerar pelo menos uma dezenas de coisas malucas que vi nos currículos mais todo mundo já esta cansado de saber essas coisas e ainda continuam insistindo no erro. A falta de qualificação sempre é um fator que pesa muito na hora de uma contratação, você pode até nunca ter trabalhado em nada mais se conseguir fazer um Cv legal com certeza a pessoa vai se interessar por você.

Nesse caso como disse os caras pegaram Cv pela internet mais em 90% das vezes você tem oportunidade de estar frente a frente com o gerente então é tentar ser convincente e chamar atenção do cara. Se tiver uma placa do lado de fora da empresa solicitando um staff você já tem metade do caminho andado mais não adianta chegar e jogar o Cv no balcão, ir entregar currículo em turma. Você tem que chegar perguntar pela vaga, se apresentar e falar em menos de 30 segundos da sua experiência para essa vaga e tentar de toda forma descolar um teste, só depois disso entregue o Cv. Claro que não é todas as vezes que você vai ter a chance de fazer isso mais pergunte pelo gerente e mesmo se ele for Brasileiro fala em inglês porque é triste quando as pessoas chegam e falam ….. você é Brasileiros né .. … pqp.

Se você analisar tudo que eu escrevi acima não é nada diferente do que geralmente “temos” que fazer o Brasil então é se preparar e não apensar sair jogando currículo pela cidade.

Anúncios

Novos Ventos

Comentários 6 Padrão

Olá pessoal espero que tenham passado um ótimo final de ano e iniciado 2012 com o pé direito.

Bom, nem todos sabem mas eu já voltei pra Dublin. Depois de quase seis meses com minha família Irish retomei meus estudos na NED e fiquei muito surpresa, pois meu inglês deu um UP bem legal já que quando cheguei na Irlanda não sabia falar quase nada e fui direto pro basicão. Agora quando voltei fui para o level 3, o que me deixou muito feliz . Claro ainda não estou satisfeita porque meu inglês necessita muito mais pra ficar bom, ou seja , mais estudos…..

Como havia dito voltei dia 8 de novembro e comecei a frequentar as aulas normalmente e depois de uns quinze dias nessa rotina minhas “férias” acabarão e comecei a procurar outro trabalho já que grana é uma coisa que acaba rápido ainda mais quando se esta atoa sem fazer nada. Refiz meus currículos colocando agora a referência da família Irish e uma carta de recomendação que a família fez questão de me dar (meu muito obrigado á família Drumm). Nos primeiro dias enviei só pela internet e pelo FAS que uma instituição Irlandesa que auxilia pessoas em busca de trabalho.

No dia 7 de dezembro resolvi começar a distribuir pessoalmente, passei pelo Temple Bar e depois fui pela região da Grafton e entreguei em três lugares: uma farmácia, um café e um pub (só em lugares que tinham placas de precisa-se) em dentro de meia hora que havia terminado e já estava indo pra casa meu telefone tocou, era o Kevin o dono do Taste Café que perguntou se estava interessada em trabalhar, disse de cara que sim então ele pediu pra ir no outro dia fazer um teste e com roupa toda preta (staff). Fiquei tão feliz porque sabia que seria legal.

No dia seguinte como combinado fui ao local e fui apresentada a equipe que me recebeu muito bem como parte da família e logo comecei a ser introduzida na arte de atender as pessoas, coisa que ate então eu só havia feito como recepcionista de festas mais nunca trabalhando com comidas espectaculares e cafés que são maravilhosos. Os dias que se seguiram foram muito corridos, pois estávamos em época de festas e eu não tive muito tempo pra aprender quase nada. Me esforcei ao máximo pra pegar o ritmo da coisa e cheguei a uma conclusão: meus chefes são bem legais, contratar uma pessoa que fala inglês intermediário na véspera do natal e que não tinha experiência com comida… sou eternamente grata.

Aprendi que realmente o brasileiro é querido por todos os povos do mundo seja pelo sorriso, felicidade constante ou a amizade que temos com qualquer um que entre na nossa vida… Sinceramente não sei explicar.

Agora que as coisas estão mais tranquilas e as festas passaram, estou treinando o cardápio e estudando muito e a cada dia me apaixono mais por esse lugar!

Gostaria de agradecer ao pessoal do Taste of Food que me recebeu tão bem e aos meus chefes Kevin e Eamon que me deram esta oportunidade. Valeu galera!