Alunos que ficam sem acomodação e dormem na rua

Comentários 8 Padrão

O que mais existe na internet são histórias e historias sobre intercambistas na Irlanda. Em 2 anos e meio já vi cada coisa que gostaria de realmente perguntar pessoas como isso aconteceu, como assim? ou não acredito? De fato muitas coisas são lendas ou possivelmente medos criados por empresas interessadas em vender algum serviço. Como trabalho em escola todo dia chegam perguntas que podemos classificar como “uai nem sabia que tinha isso na Irlanda”. O que é mais interessante é que as vezes as pessoas no Brasil recebem tanta informação distorcida que algumas acabam desistindo do sonho do intercâmbio logo no inicio. São tantas histórias sem pé nem cabeça que o sonho de vir estudar na Irlanda se torna um desafio impossível de ser realizado, graças a essas “fontes” no mínimo suspeitas. Vejo que a maioria das coisas são criadas pelo senso comum onde uma pessoa ouviu falar de algo e assim passa pra frente criando um senso de que as coisas realmente são daquele jeito. Eu já disse que a opinião de uma pessoa deve ser levado em consideração mais não deve ser a regra geral das coisas porque você corre o risco de se encontrar com outra realidade e se sentir frustrado.

senso-comum-nao-tao-comum-citacaoBem, eu mesmo antes de vir pra Irlanda li na internet que:

– nem precisa trazer chinelo e camiseta regata porque você nunca vai usar aqui, nem dentro de casa.
– não existe sol na Irlanda, todos os dias são nublados e cinzentos.
– chove todos os dias do ano.
– os únicos empregos que você vai conseguir são de limpar banheiro vomitado no pub.
– os Irlandeses vão pegar todos os “subempregos” em 2 anos por causa da crise.
– é impossível conseguir trabalhar sem ter um nível de inglês legal.
– não tem emprego na Irlanda.
– as pessoas estão passando fome na rua por causa da crise.
– ninguém esta vindo pra cá por causa da crise.
– tem fila na embaixada de pessoas pedindo ajuda pra pagar passagem.

Muitas coisas eram sobre a danada da crise porque cheguei aqui no olho do furacão quando o pais pediu ajuda a União Europeia. O que eu vi foi um pais lutando para ajustar as contas, cortando benefícios e fazendo o dever de casa para sair do buraco. A cidade seguia normalmente e a maioria das pessoas trabalhando. Eu sei que a minha visão pode ser diferente porque já estou a aqui a mais tempo entretanto a situação de emprego e quase a mesma de quando eu cheguei. Existem empregos, mais tem que correr muito atrás e lutar de várias formas. Aqui mesmo na escola eu vejo os alunos que chegam e já correm atrás logo no inicio e outros que ficam esperando um pouco… para ambos as chances são as mesmas … tem que entregar Cv em tudo que lugar, contar com uma referencia, fazer contatos, pedir de porta a porte e principalmente entender como é a cidade. Muitas das outras coisas que eu li concordei em partes mais no geral foi tudo diferente e se eu tivesse levado tudo em consideração teria desistido de vir principalmente por causa do emprego porque só tinha grana para 3.

Bem, vamos falar então do titulo do post porque muita gente pensa que vai chegar aqui e vai ter que dormir na rua. Alias tem várias pessoas que ate dizem isso na internet mais justamente para poder vender semanas de acomodação extras e claro faturar. Essa viagem não e fácil então você precisa saber ouvir as pessoas e principalmente ter um senso critico muito grande. Sempre desconfie de tudo e principalmente pesquise em mais de uma fonte.

O processo da busca por uma moradia e normal para todo mundo. Todos os estudantes precisam e vão passar por esse processo então a primeira coisa que você tem que aprender é que você não vai dormir na rua se a sua acomodação acabar antes de você encontrar uma moradia fixa. Existem pelo menos 110 hosteis cadastrados no hostelworld então com certeza você vai encontrar um lugar se for necessário. Existem ainda outras dezenas de hotéis então são uma opção e por fim as próprias pessoas que você vai conhecer no inicio que poderão te dar uma força. O grande segredo para conseguir uma acomodação e começar o planejamento antes de vir pra Dublin. Acessar o www.daft.ie pelo menos 1 milhão de vezes vai te ajudar a entender os processos, conhecer algumas regiões e principalmente ter uma noção do que você vai procurar quando chegar aqui. Quem se adianta nessa parte sempre consegue mais rápido porque já sabe mais ou menos quando custa os alugueis, como funciona a parte do deposito e aluguel e como são as casas. Quanto mais informações você conseguir melhores vão ser suas chances. A segunda parte da pesquisa e adicionar pelo menos 1000 grupos do facebook que tem relação com acomodação/classificados na Irlanda. Sem dúvida lá é o melhor lugar para iniciar as buscas porque o fluxo de anunciantes e muito grande. Novamente, quanto mais contatos você fizer melhores vão ser os resultados. Eu sei que não tem como decidir muita coisa antes de chegar aqui e eu não aconselho porque e meio arriscado principalmente se a pessoas pedir um pagamento adiantado para segurar a vaga, não recomendo. Você pode marcar as visitar, já negociar alguns pontos mais nunca pague nada antes de vir. De uma forma geral se você analisar tudo que eu disse se resume em uma palavra: pesquisa. Existem várias pessoas que chegam sem nenhuma informação sobre acomodação então essas certamente tem mais dificuldades principalmente pela falta de contatos e ate mesmo medo de como vão ser as coisas.  Eu sempre ajudo os alunos aqui da escola nessa busca, converse com o seu agente que ele pode te ajudar também.

yellow-dog-production1

Bem, você vai ter que escolher um lugar com pessoas que você nunca viu e um lugar que nunca sonhou. Esse processo e bem difícil mais tenha em mente que você poderá mudar se não gostar. Nada e definitivo então basta entrar, depois passar a vaga e seguir em frente se for necessário. Visite o local, seja simpático com o pessoal e se gostar já feche a vaga, não fique pensando muito porque tudo passa muito rápido. Como disse se você não gostar basta passar a vaga e seguir em frente.

Infelizmente por causa de algumas pessoas que estão fazendo “merda”por ai algumas empresas estão barrando um pouco os alugueis para estudantes mais nada que prejudique. Da mesma forma alguns pedem comprovantes de trabalho para quem acabou de chegar, outros pedem contatos do antigo land lord. Existem dezenas de situações então se uma não der certo siga para a próxima opção porque uma coisa e certa, todo mundo consegue acomodação. Em algumas semanas e mais principalmente em marco por causa do Saint Patrick mais no geral é uma missão tranquila de se resolver.

Tenham um ótimo final de semana. Segunda feira e feriado aqui na Irlanda então nosso próximo post vai ser na terça com as fotos do Oxegen: David Guetta, Snoop Dog, Pit Bull, Dimitri Vegas e outros ….

#Desabafo

Comentários 18 Padrão

Sempre vejo comentários negativos a respeito de Dublin em tudo que lugar e isso as vezes enche o saco. Hoje me chega uma pessoa me perguntando se eu estava sabendo das novas regras de imigração… como assim? A pessoa me passou o comentário que achou na internet:

“Poxa cara se vc pagou um curso entaum venha fazer o que né?? Porque a Australia e Canada naum estao nessa crise naum viu?? Tenho vários amigos e parentes que moram nesses paises okay?? Enfim ainda bem que vc ta vindo essse ano porque quem vier ano q vem pra ca naum vai mais poder trampar,a lei aki vai mudar pra estrangeiros “

Depois disse respondi e resolvi postar aqui tambem:

Acho que essa pessoa não precisa se preocupar com emprego já que ele trabalha no alto escalão do governo não é verdade? Só alguém com um posição assim pra ter acesso a tantas informações ….. Como assim a lei vai mudar? O governo falou isso? Eu não vi em nenhum lugar, pelo menos nos órgãos oficiais de comunicação do governo.
Eu acho que em Dublin o grande problema às vezes são as pessoas que surgem de repente passando informações em nome do governo, em nome dos Brasileiros e principalmente tentando desanimar as pessoas que estão sonhando com alguma coisa. Acredito que cada pessoa sabe muito bem o risco que corre partindo para um intercâmbio e principalmente o que ela pode enfrentar e quer passar para se alcançar um objetivo seja lá qual for.
A questão de emprego em Dublin esta difícil? Sim, a Europa inteira esta com problemas mais e dai? Eu sempre me faço algumas perguntas quando encontro algum comentário negativo a respeito do emprego aqui na Irlanda.

1) Se esta tão difícil assim como as pessoas estão fazendo pra viver? Eu nunca vi nenhum brasileiro passando fome na rua, pelo menos em 9 meses que vivo aqui.
2) Se esta tão difícil assim porque todo dia centenas ou dezenas de brasileiros desembarcam por aqui?
3) Porque as pessoas que saem falando coisas negativas sobre tudo aqui na Irlanda ainda estão aqui? A situação não esta grave? Ninguém tem emprego? Como pode isso? Afinal como elas estão fazendo para ficar aqui? Porque não pegam o primeiro voo pro Brasil já as que coisas aqui estão tão complicadas assim?

Eu acho que a vida é difícil em qualquer lugar do mundo, apenas existe uma diferença: Aqueles que ficam reclamando da vida e aqueles que fazem disso uma oportunidade de vitória. O que eu vejo por aqui é uma situação em que todos tem 1, 2 ou 3 empregos. Quem corre atrás das coisas, quem realmente luta, entrega currículo, leva não na cara, não tem medo de nada e acima de tudo sabe o quer sempre se dá bem. Quem desenvolve bons contatos sempre recebe uma boa indicação e principalmente quem ajuda as pessoas, que não tem medo nem vergonha de ajudar alguém sempre é recompensado, sempre é lembrado pra uma vaga, pra uma oportunidade.

Eu sempre digo para quem me pergunta sobre emprego: Você muda pra um lugar totalmente desconhecido, você conhece o comercio, as pessoas, as empresas, o lugar, as ruas nada. Junte a isso a dificuldade com a língua e pronto você esta na Irlanda. Aqui cada um tem que conquistar seu espaço. Cada pessoa tem que lutar dia a dia para manter vivo o sonho do intercâmbio e assim vamos levando a vida……

#desabafo

Trabalho parte 109821093

Comentários 5 Padrão

Um assunto que circula muito na internet e quase sempre com opiniões pessimistas é em relação a trabalho. Me lembro muito bem que exatamente nesse mesmo mês do ano passado estava com a caneta na mão pra sacramentar a vindo pra Irlanda e o que via nos blogs e principalmente no orkut (sim ainda existia) dava muito medo porque sabia que teria que buscar um trabalho logo de cara pra pagar as despesas da viagem e ainda me manter aqui. Era cada coisa que a imagem que eu tinha é que os irlandeses estão morrendo de fome na rua, a crise tinha acabado com tudo e o pais estava naufragando. Os Brasileiros segundo noticias daquela época dadas pelo próprio pessoal dos blogs e internet diziam que todos estavam fazendo fila no aeroporto pra voltar pro Brasil e os que ainda insistiam em ficar aqui estavam mendigando nas ruas por falta de trabalho. Bem logo depois em março desse ano cheguei aqui e vi um cenário totalmente diferente. Claro a crise esta tensa e prejudicando toda a Europa mais para nos estudantes que estamos na base da pirâmide em relação a trabalho acredito que tudo continua normal. Os mais atingidos por essa onda de demissões em massa são bancários, executivos, administradores, pessoas que estão no alto da pirâmides. Dizem que antes dessa crise era mais fácil conseguir uma vaga num pub, num hotel, uma panfletagem ou limpeza de banheiro. Pelo que vi de março até agora então antes era só passar na rua que um empregador te jogava um laço e te punha trabalhar logo depois que você descia do avião porque mesmo assim todo mundo arruma trabalho, como pode isso?

O cenário que eu vi até agora é o seguinte resumindo de uma forma simples e de fácil entendimento:

QUEM REALMENTE PRECISA TRABALHAR CONSEGUE TRABALHO.

Essa é a maior verdade que eu vejo pelas ruas Dublin e principalmente entre os estudantes. Cada um tem um foco e um interesse. Eu vejo um cenário exatamente igual ao do Brasil, tem que correr muito, lutar pelo seu espaço, criar relações que possam te indicar a alguma coisa e principalmente ter força de vontade. Uma pessoa de uma comunidade do orkut na minha época de pesquisa sempre dizia: DUBLIN É PARA OS FORTES. Confesso que ficava com medo daquilo mais hoje fico feliz por saber que sou forte porque estou conquistando meu espaço em tudo que faço. Realmente Dublin é para os fortes mais também para quem tem força de vontade, quem tem um ideal e para quem luta por seus objetivos na vida. O que eu mais vejo são pessoas com 1 ou 2 empregos. Pessoas lutando e correndo atrás do primeiro emprego, que é o mais difícil, depois as coisas vão aparecendo e aparecem até empregos que a gente não pensava, depende de cada um como falei.

Bem eu estou trabalhando na escola NED e também tenho um segundo emprego que é de vender bebidas em estádios e show, esse eu consegui enviando currículo mesmo. Em abril eu fiquei sabendo desse cara que contratava Brasileiros, enviei um currículo, um tempo depois ele me chamou fiz a entrevista e fiquei esperando. Eu já nem lembrava mais disso quando ele começou a me chamar. Primeiro trabalhei no Aviva Stadium num jogo de futebol da Seleção Irlandesa vendendo cachorro quente e Refri. Bem, um mês depois ele me chamou de novo para 3 eventos seguidos agora faço parte do time dele, pelo menos foi o que ele me disse. É um trabalho de vez enquando mais que da uma graninha muito boa que quase da pra pagar o aluguel em poucos dias e como sempre acontece nos finais de semana ou a noite é tranquilo pra conciliar.

Bem meus 3 outros dias foram nesse final de semana. Na sexta passada eu trabalhei no show do Red Hot Chili Peppers e na segunda e terça no show de Katy Perry. Bem para esses dois eu até tirei uma fotinha escondida mais não posso publicar porque se cair no face do meu boss to ferrado. Foi muito louco todos os 3 dias com o O2 lotado, os shows demais né, Red Hot nem precisa falar nada, muito louco. Claro que não deu pra ver o show inteiro mais digamos que vi mais de 30% e ouvi 100%. Na Katy Perry mais mulecadinha, muitas crianças. O Show dela é mais adolescente mais muito bem produzido e muito animado. Nesses eu vendi sorvete e picolé rsrsrrs estranho né, sem falar no algodão doce que as meninas estavam vendendo. Achei uns vídeos no youtube pra ilustrar essa façanha de ver 3 shows internacionais em 5 dias hehehe e ainda receber pra isso, claro.






Coisas interessantes que podem acontecer num intercâmbio.

Trabalho fixo + part time

Comentário 1 Padrão

Completo essa semana 1 mês de trabalho na escola NED. Graças a Deus e meus amigos estou indo muito bem e a tendência é melhorar mais ainda com o crescimento de um network bacana. Com esse trabalho vou me manter aqui e ainda pagar as parcelas do meu curso e passagem aérea que faltam e ainda quem sabe sobrar uma graninha pra viajar de vez enquando. Mesmo tendo trabalho fixo é claro que procuro me ocupar nas horas vagas porque temos que aproveitar ao máximo cada minuto de um intercâmbio. Quando cheguei aqui em março logo fiquei sabendo de uma empresa que contrata pessoas para trabalhar com vendas de refrigerante, cerveja e cachorro quente em festas, shows, jogos e eventos em geral. Na época enviei meu currículo e depois de 7 semanas me chamaram pra uma entrevista, fui, passei e meu nome ficou na lista de espera. Passados quase 6 meses recebo um e-mail da empresa perguntando se ainda tinha interesse, disse sim claro. Como esses eventos são sempre a noite ou no final de semana posso me organizar de forma que não atrapalhe minha atividade principal.

O trabalho era vender refri e cachorro quente no jogo Irlanda x Eslováquia no Aviva aqui em Dublin, jogo válido pelas eliminatórias da Eurocopa que vai acontecer na Polônia e Ucrânia no ano que vem. Como se tratava de um jogo organizado pela UEFA não podíamos vender os produtos nas arquibancadas então ficamos nos portões de acesso e corredores externos perto dos outros bares fixos do estádio. Foi uma experiência muito bacana e diferente, pesada também porque afinal 24 garrafas de 500ml nas costas não é tão leve assim entretanto os 60 cachorros quentes em outra mochila na parte da frente ajudam a controlar o peso e tudo dá certo no final. Tirei algumas fotos antes de iniciar os trabalhos porque depois que o boss chega temos que entregar celulares, carteiras e outros objetos que estejam no bolso. Na entrada recebemos uma camiseta padrão para os staff que trabalham em qualquer atividades dentro do estádio. Foi muito bacana uma pena que na hora do jogo não estava com nada pra tirar foto porque estádio cheio é muito lindo, a grana é um tapete e mesmo com tudo isso a seleção laranja e verde só empatou em 0x0 com a Eslováquia. Eu iria trabalhar por esta mesma empresa hoje no show da Rihanna mais fui cortado da lista final :(, tenho outros 3 eventos pra esse mês com eles, vamos ver se dá certo… ao final de pouco mais de 2 alunos, tinha 30 euros no bolso e muita historia pra contar da minha primeira vez como vendedor de cachorros quente……

Este slideshow necessita de JavaScript.

COMO CONSEGUI ESSE TRABALHO? Corri atras, é como sempre digo aqui no blog… se você correr atras as coisas acontecem e logo logo todo mundo se acerta no primeiro trabalho e até mesmo o segundo.

Economia Irish cresce mais que o esperado

Deixe um comentário Padrão

O Departamento Central de Estatísticas irlandês revelou hoje que a o Produto Interno Bruto (PIB) do país avançou 1,6% no segundo trimestre, face aos primeiros três meses do ano, período em que acelerou 1,9%.

O desempenho em cadeia em cadeia (entre trimestres) da economia irlandesa superou largamente as previsões dos analistas sondados pela Bloomberg, que esperavam um crescimento de 0,3%. Em termos homólogos, o PIB do Tigre Celta subiu 2,3%.

A puxar pelo PIB da Irlanda, que tal como a Grécia e Portugal está sob um resgate internacional, esteve sobretudo o investimento, que subiu 6,4%.

As exportações também, ajudaram com um crescimento de 1% no segundo trimestre, com as operações da multinacionais Microsoft e Intel a impulsionarem a economia do país abalada pelo colapso do sector imobiliário. Já as importações desceram 0,6%.

Em reacção aos dados do PIB, os juros das obrigações irlandesas estão hoje a recuar em todas as maturidades. A ‘yield’ dos títulos de dívida a dois anos, por exemplo, desce aos 9,079%, depois de terem atingido um máximos desde a adesão ao euro nos 23,2% no passado dia de 18 de Julho.

Fonte: Sapo.pt

Crise Verde

Comentário 1 Padrão

Em meados de outubro de 2010 a casa caiu na terra verde, pelo isso que vimos por aqui em todos os setores da mídia. Nesse momento estávamos nos finalmentes da nossa programação e nos vimos diante de um dilema: Ir ou não ir? Buscamos informações nas comunidades do orkut e confesso que o pessoal não ajudou muito. O pessimismo de algumas pessoas chegava a assustar, mais confiantes marcamos a data e continuamos o processo.

Confiar em opiniões de outras pessoas sempre trás um risco muito grande pois ela esta inserida num contexto diferente e como sabemos as opiniões são formuladas a partir de experiências, pensamentos e principalmente cabeça de cada um.

Hoje passados 4 meses não vemos nenhuma palavra a respeito do assunto em nenhuma mídia brazuca, o fato simplesmente sumiu e como a imprensa tem esse papel e poder de colocar as coisas em destaque a qualquer momento, a percepção das pessoas fica comprometida. Creio que em breve o assunto retorna a cena e mais comentários sem pé e cabeça vão surgir por aqui.

Pelo que entendi disso tudo a crise já vinha desde 2008 só que agora a coisa explodiu na mídia mundial com o pedido de ajuda do governo irlandês. Acredito que as coisas vão melhores mais devem demorar um pouco.

Confesso que aprendi muito nesses meses de planejamento principalmente em ser confiante. As opiniões de terceiros devem ser levadas em consideração até certo ponto, a partir do momento que as pessoas tendem a formarem suas opiniões, essas “observações” tornam-se complicados e perigosas. Explico: No orkut, maior fonte de opiniões sobre intercâmbio naquele momento via muita gente pessimista e preocupado com a tal crise, claro devemos nos preocupar com uma situação dessas no lugar que estamos pois implicara diretamente nos trabalhos, condições de vida e no dinheiro claro. Mais não podemos tentar convencer as pessoas que a minha ou sua opinião esta correta pois como disse: Uma opinião é formada de vários fatores psicológicos, internos e externos e cada pessoa reage de uma maneira a estímulos. Muitas pessoas dizem nas comunidades que a grana esta curta, entretanto todo dia é dia de baladinha. Dizem que os emprego esta dificil, claro até no brasil isso é evidente, mais ficam em casa tomando chimarrão e não correm atras. Uma pessoa que sempre dá opiniões bacanas é o Marcos Vinicius ele sempre diz o que esta passando por lá e o que pensa mais sem tentar convencer ninguém.

A lição que tirei é que todas as pessoas devem sim ouvir a opinião de terceiros mais não ser influenciado totalmente para formar a sua própria, converse com pessoas diferentes, visite blogs diferentes, e sobretudo tire suas próprias conclusões, afinal o sonho é seu, o projeto é seu e só você pode decidir o que é certo e errado num processo desse.

“Para realizar grandes coisas, não devemos apenas agir, mas também sonhar, não só planejar, mas também acreditar.”

Fim de Papo.

Deixe um comentário Padrão

O contestado primeiro-ministro da Irlanda, Brian Cowen, vai dissolver o Parlamento na próxima terça-feira, pondo fim ao seu Executivo, e anunciar nova data para as eleições legislativas antecipadas, ao fim de várias semanas de drama político no país.

Este esperado anúncio de Cowen, relatado hoje pelo canal televisivo RTE e pela BBC online, vai marcar o fim do seu tumultuoso mandato, com auge na sua demissão na semana passada da liderança do partido no poder, o Fianna Fail.

Pelo caminho, e sob fogo cerrado de críticas duras à sua gestão da crise financeira, o chefe do Executivo falhara uma tentativa de remodelação governamental, perdendo as boas graças dos Verdes, seus parceiros de coligação, e vira a sua chefia ser brutalmente contestada no Fianna Fail.

O primeiro-ministro prometera então dissolver o Parlamento assim que a proposta legislativa de finanças – última peça no Orçamento de 2011 – fosse aprovada nas duas câmaras: o que ainda só aconteceu, ontem, na câmara baixa, passando agora ao Senado.

É esperado que a passagem deste orçamento – com cortes a ascender aos seis mil milhões de euros e aumentos de impostos – vá desagradar profundamente aos eleitores, já frustrados com os últimos anos de austeridade.

Antevê-se por isso uma derrota de peso do Fianna Fail no próximo sufrágio, a realizar-se muito provavelmente a 25 de Fevereiro. As sondagens mais recentes indicam que o partido que Cowen liderou até ao início desta semana – e agora sob a condução do antigo ministro dos Negócios Estrangeiros, Micheal Martin – poderá perder até metade dos seus deputados nas eleições.

Os analistas estimam que o próximo Governo irlandês seja formado por uma aliança do Fine Gael (centro-direita) e com os trabalhistas – da mesma forma obrigado a cumprir os compromissos já assumidos pela Irlanda tanto com a União Europeia como com o Fundo Monetário Internacional e a pôr em capo orçamentos de austeridade nos próximos anos.

Fonte: P20