Finalmente chegamos

Comentários 19 Padrão

Após tantos assuntos abordados nesse blog finalmente chegamos ao destino final, pelo menos por enquanto: Dublin – Irlanda.

Saímos domingo (06-03-11) às 23:59h de Patos de Minas com muita chuva, achei uma boa despedida como aqui chove praticamente todo dia foi um sinal hehehe. Depois de 6 horas já estávamos em BH na rodoviária e após mofar mais de 6 horas fomos pra Confins pegar nosso primeiro voo. De TAM fomos pra Guarulhos – SP e as 16:15h chegamos em terras paulistas.

Depois de um voo muito tranquilo pela TAM chegamos e aguardamos até as 20:10h quando embarcamos no Voo KL0792 da KLM rumo a Amsterdã.

Pensa num voo longo, muito longo praticamente 16 horas dentro de um avião voando a 980 – 1000 km por hora e a uma altitude de 11000 metros. Isso sem falar que fora do avião estava -51 graus.

É uma sensação meio louca estar nessas situações porque é uma coisa absurda você imaginar um avião a 1000 km por hora e você ali. Foi bom ter escolhido a KLM, empresa show de bola, aeromoças muito educadas e atenciosas sempre passando com bebidas de todos os tipos e nacionalidade, sem falar nas refeições e café que também são sensacionais. É uma coisa de louco toda hora tem algo pra comer ou beber. Elas ralam viu, trabalham duro nesse voo. Não tivemos problemas com as poltronas como vi muita gente falando da Ibéria, são relativamente macias e confortáveis (claro que não deitam como cama mais dá pra dormir um pouco) aconselho ainda levar um protetor auricular que ajuda muito no sono isolando um pouco o barulho das turbinas. A aeronave é equipada com telas de entretenimento individuais onde pode-se ver milhares de filmes, ouvir músicas, jogar vários games, ver documentários e acompanhar os dados do voo como citei antes. Acho que foi uma ótima escolha e recomendo a todos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Depois que saímos do Brasil passamos cerca de 8 horas sobre o mar e depois sobrevoando alguns países da África e Europa como Portugal e Espanha. Na aproximação de Amsterdã o avião desce um pouco sua altitude e dá pra ver cenários que so tinha visto em filmes, paisagens gigantescas de plantações, equipamentos em alto mar captando energia eólica e portos gigantescos. Então 16 horas depois chegamos finalmente chegamos em Amsterdã. O aeroporto é enorme, no primeiro momento nosso voo com destino a Dublin seria no portão 44 mais por algum motivo foi transferido para o 22 e tivemos que correr pra não perder a conexão. Os corredores são tão grandes que possuem digamos “esteiras” pro pessoal seguir mais rápido ou não se cansar.

Tenho que fazer uma pausa pra dizer que não existe internet free nos aeroportos de confins e guarulhos, só chegando em Amsterdã que consegui uma conexão bacana e free claro. Mesmo ficando só meia hora no aeroporto deu pra postar algumas fotos nas redes sociais. Uma vergonha para o pais que vai ser sede dos principais eventos esportivos do mundo nos próximos anos.

Voltando a viagem partimos de Amsterdã na tarde de terça e pouco mais de 50 minutos já estávamos chegamos a ilha verde. Fiquei muito curioso para ver as paisagens e como é realmente o lugar que escolhemos para fazer um intercâmbio. A primeira coisa que notei e realmente o céu meio cinza como se fosse chover no final da tarde no Brasil. Chegamos e logo senti o ventinho de Dublin, fazia cerca de 5 graus mais nada que ninguém possa suportar.

Saímos do avião com a ficha que é entregue ainda dentro do avião para imigrantes não europeus, preenchemos essa ficha e fomos direto para a sessão de imigração.

Imigração:

O lance realmente é ficar calmo e tranquilo. Existem guichês onde temos que passar e após ficar na fila cerca de meia hora (chegou outro voo junto com o nosso e acumulou pessoas) fui chamado.

André: Hi
Oficial: Hi, what’s your name
André: André (claro)
Oficial: what’s your purpose in ireland
André: study English
Oficial: Ok, me the letter of the school and the passport.
André: OK
Oficial: place here for a photo (indicando com a mão o local – bem simples e fácil)
Oficial: ok thanks welcome to dublin
André: Sai feliz com 3 meses de visto

Achei tranquilo e fácil

Imigração Stéfane

Stéfane: Hi – entrega passaporte e carta da escola
Oficial: tctctctcttc no camputador ne photo please and welcome to dublin
Stéfane: Sai rindo e 1 mês de visto

Simples assim

Saímos pegamos nossas malas que por sinal não foram abertas e nem estragadas, só meu desodorante que não passou no raio-x da bagagem de mão em Amsterdã e foi barrado mais não teve problema porque estava quase no fim. Nos seguimos a ideia de algumas pessoas e marcamos as malas com fita amarela, foi bom porque a mala de outra pessoas que conhecemos no voo foi levada por outra pessoa já que era da mesma cor e tamanho, só depois de 3 dias que conseguiram localizar e destrocar a bagagem. O transfer já nos aguardava e fomos pra acomodação da escola que fica pertinho do certo. Logo chegou o Jefferson da escola BCT que nos recebeu muito bem, nos mostrou nosso quarto e toda a casa por onde ficaremos 1 semana. Logo depois já saímos para conhecer a escola e conversarmos com o Bruno, nosso contato que nos deu as orientações e conversamos bastante sobre alguns assuntos como PPS, VISA, casa, trabalhos e outras milhares. Já eram quase 6 horas quando saímos da escola e fomos descansar afinal já haviam se passado 42 horas que tínhamos saído de casa e o cansaço já tinha me pegado.

No caminho encontramos o fomoso Supermercado Tesco, entramos e compramos:

2 Macarrão Testo: 0,15 = 0,30
1L Suco de Laranja Testo: 0,87
1 Molho tomate Testo: 1,60
500 gr de presunto Testo: 1,80

Com 4,57 euros fizemos um delicioso macarrão “miojo” ao molho de tomate e presunto. Muito barato considerando que são 2,28 pra cada um realmente comida é muito barato por aqui, claro se souber comprar, mais isso é assunto para outro post. Fiquei registrado que não passaremos a vida comendo macarrão, foi só uma comida rápida para podermos finalmente dormir.

Fim do primeiro dia, quero dizer final de tarde. Então chegamos vivaaaaaaaaa.

Anúncios

Ora pois, chegamos !

Deixe um comentário Padrão

Então até que enfim tive tempo pra terminar esse blog. Ou pelo menos tentar terminar já que não endendo bulhufas de programação. Falta tecnica mais sobra vontade.

Divulgação

Colocar o primeiro POST é complicado rapazzzzzzzz, não sei o que fizer porque ainda não é assim um possssst mais é isso.

Vamos utilizar este canal para contar o que esta acontecendo com a gente, por onde andamos, tirar dúvidas, auxiliar quem precisar e sobre tudo informar sobre a vida na irlanda, hoje em dia as comunidades e fóruns do orkut não trazem assuntos sérios e que realmente ajudam as pessoas numa decisão tão importante que é fazer um intercâmbio.

Ora pois, chegamos, eu André Scofield e minha namorada Stéfane Ribeiro juntos agora também no Blog Andre & Stéfane in Dublin.

Fiquem a vontade pra comentar, questionar e criticar claro….

Do lado direito em nossas fotos vocês podem encontar todas as nossas redes sociais e formas de contato.

Abraços e Let’s Go.