Fui no banheiro e não tinha cestinho de lixo

Comentários 7 Padrão

O fator cultural em qualquer parte do mundo pode ser um obstáculo muito complicado para a adaptação. Essas “diferenças” e dificuldades quase sempre nos parecem monstros assustadores mais depois de algum tempo chegamos a conclusão que tudo é muito simples e algumas coisas são muito engraçadas.

Nos brasileiros e claro temos nossa cultura que por sinal bem diferente do resto do mundo. Aqui na Irlanda você não só faz um intercâmbio cultural com pessoas de vários países mais também com o próprio Brasil. Como nosso país é do tamanho de um continente nem sempre temos contato com pessoas de outros estados e acabamos não conhecendo o nosso povo. Aqui já convive e morei com pessoas de pelo menos uns 10 estados diferentes e foi interessante ver cada um com seus hábitos, manias e principalmente fatores culturais como o sotaque, comida etc.

Aqui em Dublin para quem quer rodar o mundo ser sair da Irlanda uma boa opção é conhecer os mais de “trocentos” restaurantes típicos da cidade. Aqui você encontra de tudo um pouco e claro as mais diferentes comidas e hábitos e povos dos 4 cantos do planeta.

Falando do titulo desse post por mais estranho que seja aqui você não encontra lixeira nos banheiros, pelo menos em 90% das casas. Não só aqui em Dublin mais na maioria das cidades europeias o pessoal não tem o habito de ter um cesto lixo para o papel higiênico. Em algumas casas até tem um cestinho bem pequeno mais é usado usado apenas para objetos pequenos e outros lixinhos mais simples. Se você ver um desses por ai não se atreva a jogar o papel lá porque o dono da casa pode considerar isso uma ofensa. Claro que já tinha visto isso desde quando cheguei aqui mais depois de um tempo tudo se torna tão normal que esqueci de contar pra vocês. A sua única opção então seria jogar dentro do sanitário e por mais que isso pareça estranho é isso mesmo que fazemos. Nos Brasil isso seria motivo para uma bronca mais aqui é super normal então não se esqueça de perguntar sobre esse detalhe quando chegar numa casa de família ou acomodação. Pelo que sei as casas e apartamentos são projetados para isso e de certa forma estão certos já que o papel higiênico é bem fino e tecnicamente derrete rápido.

Já que tocamos nesse assunto vou dar uma dica: Comprar papel higiênico naqueles pacotes enormes com 24 rolos sai mais barato que os tradicionais 4.

Anúncios

Como assim Irlanda? 15 graus e estou morrendo de calor?

Deixe um comentário Padrão

No verão passado ainda estávamos recém chegados na Irlanda então não sentimos nada quando os termômetros chegavam perto dos 20 graus, pelo contrario sempre saía com uma blusa mais final pelo menos quando o tempo estava fechado.

Existe um canal que corta a cidade de Dublin e a mulecada aproveita nessa época do ano. A água aparentemente é limpa mais vai sabe né kkkkk

Pois bem, passamos pelo verão do ano passado, outono e depois inverno e chegamos finalmente ao verão de novo onde é possivel andar sem blusas pelas ruas. É uma sensação muito diferente porque ficamos quase que o ano todo tendo que andar com blusas ou algum tipo de proteção contra o frio. Sabe quando você sair de casa com a impressão de que esta faltando alguma coisa ou que algo esta diferente. Nas primeiras semanas é muito legal e sentimos uma “alegria” por isso semelhante aos europeus que esperam o verão como uma coisa sobrenatural e enchem os parques e qualquer espaço gramado pela cidade.

Toda essa sensação é muito boa entretanto tem a parte ruim também.  Por um lado temos as pessoas que adoram calor e sentem falta das praias e climas quentes predominantes em quase todo o nosso Brasil. Por outro lado existem as pessoas que já gostavam muito de frio e agora depois de passar mais de 1 ano na Irlanda se vê totalmente adaptado ao clima frio. Pra você ter a certeza se já esta adaptado ao clima ou não basta ir no temple bar a noite e se 90% das pessoas estiverem com blusas e você não já é um bom sinal que você esta quase virando Irish. Nesse final de semana fomos fazer um programinha mais “a dois” e depois de um jantarzinho passamos pelo temple bar e quase todo mundo com blusas, algumas bem pesadas e eu só de camisa e a Stéfane com uma blusinha muito final. Depois do restaurante ainda fomos numa sorveteria italiana muito boa por lá. Isso tudo me deixa feliz porque eu gosto muito de viver nesse clima entretanto por outro lado me dá medo de quando voltar pro Brasil porque sabemos da calor quase infernal que dura quase o ano todo, pelo menos na minha região.

Hoje de manhã acordei e logo senti que estava quente porque a nossa sala é toda de vidro então a casa sempre fica quentinha mais hoje estava mais. Olhei e tive a certeza de que não precisava mesmo de blusa porque até mesmo no verão dependendo do dia você precisa de uma blusa. Assim que saí do prédio senti aquela sensação de estar numa sauna. Depois de sair do LUAS tenho que caminhar mais uns 10 minutos pra chegar na escola e dai a coisa ficou feia mesmo. Ouvindo o rádio vi que estava 22 graus e me senti no Brasil, pelo menos no quesito andar no sol e chegar suado no trabalho.

Claro que essa previsão do tempo para hoje pode não durar muito tempo já que estamos na Irlanda e sabemos que o clima aqui mudo muito mais com a chegada no mês de agosto a tendência é que fiquemos nessa casa dos 18 – 22 graus todos os dias. No ano passado me lembro do dia que tivemos 24 graus e vou te falar uma coisa… é muito quente. vamos ver o que esse verão nos reserva.

Técnica Jedi para esconder as malas

Comentários 5 Padrão

Independente se o seu quarto no intercâmbio é grande ou pequeno você sempre vai ter um problema ou incomodo. Tentar colocar as malas num canto que não ocupe espaço e não fique enchendo o saco no caminho. Se vocês vierem em casal dai ferrou porque serão no mínimo 3 malas grandes pelo caminho.

No nosso primeiro ano estávamos num quarto bem pequeno e as malas ficavam no lado da cama atrapalhando um pouco na hora de sair. No inicio desse segundo ano em Dublin mudamos para um quarto bem maior só que lá estava as malas pelo caminho novamente. Como não temos o famoso quartinho da bagunça no apartamento o jeito seria colocar em cima do quarda roupas, o que não foi possível porque ele é muito alto ou num canto do quarto onde certamente ocuparia espaço. Quando fomos virar a cama logo no primeiro dia me lembrei de quando trabalhava numa loja e sempre via o pessoal montando esse tipo de cama box. Elas são totalmente abertas por baixo então lá fui eu inventar um quarda malas.

Pelo que já vi nas casas a maioria das camas é assim então o processo é bem simples. Primeiro você deve tirar o colchão e com uma faca ou chave de fenda tirar os grampos que prendem esse plástico na parte de baixo. Depois coloque as malas ou qualquer tralha, puxe o plástico e deite a cama de novo. Prontinho, desapareceu todas as coisas que ficam pelo caminho.

Prenda o plástico com uma fita porque possivelmente você vai precisar pegar alguma coisa na mala em algum momento e ai precisará abrir tudo de novo. Depois quando for sair da casa basta passar prender esse plástico cola uma fita adesiva e deixa tudo novinho em folha.

O humor climático da Irlanda

Comentários 3 Padrão

Todas as pessoas do planeta terra que um dia tiverem a ideia de vir pra Irlanda certamente irão encontrar algumas informações no mínimo preocupantes em reação do clima Irish. A primeira coisa que temos que entender é que a Irlanda inteira é uma ilha, muito pequena por sinal então esta sujeita diretamente aos efeitos do mar. A primeira e notável conclusão aqui é que venta muito principalmente nessa época do ano. Algumas situações que enfrentamos e vemos pelas ruas chegam a ser engraçadas porque em alguns momentos tem nos segurarmos para não desequilibrarmos com a força do vento. Outra coisa interessante é a briga guarda chuva x vento; essa certamente o guarda chuva e todos os parentes mais próximos que são usamos para nos proteger da chuva acabam perdendo. É comum nessa época ver dezenas de sombrinhas abandonadas pela lixeiras e pela ruas. Nessa época um outro fenômeno muito comum é a chuva. Como tem chovido em Dublin, caramba. Claro quando digo chuva não pensem em chuvas que levam tudo como no Brasil mais sim uma chuva mais tranquila que não chega a assustar quem tem um blusa waterproof ou uma boa capa. O grande segredo para essa época do ano é andar sempre com alguma coisa para se proteger da chuva. Como disse não é uma tempestade como acontece no Brasil então é muito tranquilo e ninguém fica na rua o dia inteiro, tirando aqueles que trabalham, claro.

No ano passado se não estiver enganado nessa época do ano o clima esta mais estável já caminhando para o verão que começa justamente no dia 20 de junho com o solstício.  Como o clima anda realmente meio louco tivemos um final de semana no mês passado em que a temperatura passou dos 20 graus e foi noticia em todos os jornais por ser a temperatura mais alta registrada para o mês de abril em toda a historia. Com um final de semana tão quente todo mundo achou que o verão iria chegar mais cedo mais o que se viu na sequência das semanas foi uma serie e eventos no mínimo curiosos.

1) Frio: Depois de chegarmos nas temperaturas mais altas da historia para o período bateu um frio incrível na Irlanda que combinado com o vento dessa época assustou muita gente. Teve alguns dias que senti mais frio do que em todo o inverno. Claro, mais uma vez estava com minha blusa de 30 euros da Penneys (sim a mesma) que resolveu a parada.

2) Chuva de granizo: Também saindo do normal para essa época tivemos varias dias com chuva de granizo por toda a cidade. Para quem nunca viu neve, o granizo já é alguma coisa porque deixa os jardins brancos dependendo da intensidade.

3) Tempo fechado e chuva: As duas últimas semanas foram praticamente com o céu fechado, neblina e muita chuva. Chegamos a ter 4 dias de chuva sem parar (lembre-se não é chuva como no Brasil).

4) Four Sessions:  Essa expressão é bem comum aqui na Irlanda porque você pode viver em apenas 1 dia ou até menos as 4 estações do ano. Frio, vento, chuva, calor, (neve = granizo) combinados com outras loucuras do clima Irlandês. Para se ter uma ideia as vezes você sai de casa com o tempo firme e duas esquinas depois começa a chover. Umas 4 quadras depois a chuva para e o sol saiu bem forte (quando digo for é a luz porque ele não esquenta como o sol no Brasil) depois o sol vai embora e o vento trás um frio danado, é uma engraçado.

Com essa loucura faço uma pergunta pra mim mesmo: O que eu acha disso tudo? Por mais estranho que se possa soar a minha resposta é: EU GOSTO MUITO.

Como vocês sabem sou uma pessoa muito otimista e quase nunca reclamo de nada porque sei que a minha jornada aqui tem data para acabar (não sei quando mais tem) então um dia vou voltar para o Brasil para viver aquele calor infernal e as tempestades de verão. Sempre levo tudo na esportiva e tento não reclamar porque se você reclamar todo dia do clima  certamente vai chegar uma época que você nem vai sair de casa porque terá certeza que odeia a Irlanda. O segredo é sempre estar disposto pra tudo e encarar de uma forma divertida porque certamente você não viverá isso tão cerdo quando voltar para o Brasil e quem sabe nunca mais porque não sabemos se vamos ter outro oportunidade de viver essa experiência única que é morar na Irlanda.

Achei esse vídeo no youtube que ilusta bem o que acontece por aqui: Vento, chuva de granizo, sol e um arco iris, tudo ao mesmo tempo, depois passa tudo e o céu fica limpo kkkkkkkk

Compre agora e tenha 30 dias para trocar um produto

Comentários 2 Padrão

Certamente a frase que intitula esse post daria dores de cabeça para a loja que eu trabalhava. No Brasil temos um código de defesa do consumir muito bem feito e que realmente garante que o consumidor não seja lesado. Uma certa vez ouvi dizer que as regras que defendem os consumidores no Brasil são as melhores do mundo.

Quando se muda para um pais diferente ficamos meio perdidos no inicio porque não entendemos nada da legislação e as vezes podemos sair prejudicados de uma negociação ou compra. Todo mundo fala que o atendimento em Dublin é muito ruim e as empresas não tem um devido cuidado e zelo pelos cliente. Confirmo tudo isso e ainda acrescento que praticamente todos os vendedores não fazem muita questão de vender seus produtos…. aqui se ouvi um ditado criado entre os Brasileiros para explicar o atendimento nas lojas: “Se quiser comprar compre, se não sai fora”. Claro não são todas as lojas que fazem isso mais na maioria das vezes os vendedores não estão nem ai para os clientes.

Bem nem tudo é ruim….. e você pode encontrar coisas boas claro como por exemplo a politica de troca. Em praticamente todas as lojas você tem mais de 1 mês para poder trocar os produtos e olha que não estou falando por problemas ou defeitos. Você pode trocar pelo simples fato de não ter gostado. Já aconteceu isso comigo algumas vezes e diferentemente do Brasil eles nem perguntam porque você quer trocar, simplesmente pegam o produto, cupom e trocam. Se você não achou um produto que gosta ou ficar insatisfeito por alguma coisa basta pedir o dinheiro de volta. Ficou imaginando essa lei no Brasil, nossa mais iria dar tanto problema e processo que nem consigo imaginar. No Brasil você pode até trocar dependendo da gentileza da loja mais pegar o dinheiro de volta, seria um caso de policia.

Na Argos por exemplo você pode comprar qualquer produto e voltar pra trocar ou pedir o dinheiro de volta por um período de 30 dias.

Meu amigo Rafael comprou um relógio e depois de quase 1 mês viu que não gostou muito dele.

Dica para fazer sua mala

Comentários 26 Padrão

Confesso que nunca tinha visto essa técnica no Brasil mais com certeza deve existe alguma coisa semelhante. Bem, se você consegui na vindo ótimo, se não na volta com certeza será uma mão na roda. A primeira coisa a se fazer é comprar o danado do saco que se chama “Vacuum Bag” por 4 euros (2 unidades) na Penneys ou Dunnes. Depois basta colocar todas as roupas dentro, lacrar e usar os aspirador de pó para reduzir em mais de 50% o volume.

De acordo com nossa experiências somente os produtos de algodão que realmente temos um resultados assustador com uma redução muito grande do volume entretanto você pode usar com calças, camisas e tudo que tipo de roupa. O Saco bem com uma fechadura que precisa ser lacrada, depois basta usar uma entrada com o tamanho exato do aspirador de pó para sugar o ar e fazer uma “embalagem a vácuo”. Se você organizar direitinho as peças dentro do saco terá pelo pelo o dobro de espaço em cada mala. Essa demonstração foi feita por nossa antiga flatmate.

UPDATE

Com a ajuda do pessoal que acessa o blog conseguimos localizar uma loja que vende esse saco no Brasil: http://www.multicoisas.com.br/lojas/