Cadê o chaveiro

Comentários 2 Padrão

Bem amigos da rede globo, quero dizer do blog André & Stéfane in Dublin. As vezes no intercâmbio passamos por certas situações complicados e porque não engraçadas já que aqui temos que levar a vida de uma forma mais tranquilo e sem esquentar muito a cabeça. Por mais que tenhamos calma e controle das situações as vezes nos vemos sem saída e lembrando da nossa vida no Brasil quando tínhamos sempre uma carta na manga pra resolver qualquer coisa.

Keyring

Keyring

Semana passada dei na “telha” de trancar uma porta que separa a parte dos quartos e a sala. Nãos sei porque e nem para que mais o certo é que a danada da porta trancou e não quis mais abrir. O curioso é que a chave serviu para fechar a porta mais quem diz que a danada quis abrir depois. Bem primeiro vem a técnica do fazer força aqui e ali, tentar dar uns tapas na porta. Depois bem o nervosismo e depois você começa a pensar nas possibilidades.

Primeiro liguei pro land lord mais ele estava viajando então o jeito foi procurar na Internet. Num primeiro momento tive a ideia de chamar um chaveiro que em inglês chama-se “locksmith”. No Brasil a palavra chaveiro serve tanto para o que colocarmos na chave e o profissional mais é aqui diferente. O profissional como já falei é locksmith e o chaveiro objeto é keyring. Logo desisti do locksmith já que ele queria cobrar 100 euros pela visita + o serviço então usei a cabeça.

A fechadura é novinha e não poderia ter dado problema então a única coisa que poderia ser é que chave era a errada. Como temos muitas portas certamente a certa estaria por lá. Nessa constatação descobri que algumas chaves servem para trancar qualquer porta mais só a certa abre hehehehe. Quando morava em Dublin 1 me lembro que foi fazer a chave do quarto porque não tinha então tirei uma foto e levei pro cara ver e ele me deu exatamente a chave certa. Não sei se no Brasil é assim mais aqui as chaves mais comuns tem um numero então seja lá qual for a sua fechadura ela terá uma chave correspondente com um numero certo.

Como a porta estava fechada não tinha como tirar a foto do numero então me lembrei que existem 2 chaveiros que ficam abertos aos sábados. Um no Jervis e outro no ILAC então fui lá e pedi o cara pra levar todas as chaves numeradas que ele tinha pra testar na porta. Ele autorizou mas para isso pediu um deposito claro no valor de todas as chaves. Deixei 60 euros lá, fui la em casa descobri qual era a danada da chave, voltei lá peguei o deposito já descontado o valor da chave e bingo, problema resolvido. Cada chave custa em média 5 euros por aqui.

As outras chaves por aqui claro são normais daquelas que tem uma “serrinha” e cada uma claro tem um segredo diferente. Para quem mora em prédio é muito comum usar um pequeno chaveirinho que serve como chave e destrava o portão automaticamente assim que posicionado num local indicado. Outros lugares como lá em casa um o “interfone” normal só que você clica, digita uma senha o portão abre.

Anúncios

2 comentários sobre “Cadê o chaveiro

  1. Parabéns pela solução… o duro é que antes de acharmos a santa solução, esquentamos a cabeça neh??

    Mas muito bom saber!!! Obrigada pelo Post.

    Deise

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s