Eu trabalho de graça 2 dias pra vc …..

Comentários 34 Padrão

Desde que cheguei aqui conheci dezenas de pessoas e cada uma com uma estratégia pra conseguir um trabalho. Para os que chegaram antes de primeiro de abril desde ano foi quase certo que trouxeram em seus VTM’s cerca de 1700 euros cada, é uma média que a galera trazia antes da mudança na lei que obriga a pessoa a ter o extrato de 3000 conto no banco para poder tirar seus GNIB. Com essa mudança acredito que as pessoas poderem ter um tempo maior para conseguir trabalho e não ter que focar seu tempo na busca por um emprego para poder se manter aqui. Apesar dessa mudança vi várias pessoas dando o famoso jeitinho brasileiro e chegando com grana emprestado e juntando 3 amigos pra conseguir os 3000 conto. Quando se vem com pouca grana que é o meu caso é inevitável a busca frenética por um trabalho pois sem ele você não poderá se manter aqui e terá que voltar para o Brasil sem o inglês e principalmente frustrado pelos caminhos errados traçados, conheci pessoas assim que tiveram que voltar em 3 ou 4 meses pois acreditaram ser fácil encontrar um trampo logo de cara com inglês mais ou menos e ao invés de economizarem saíram, viajaram e curtiram a torta e a direita como dizemos lá em Minas Gerais. É preciso ter planejamento financeiro e principalmente um plano de ações para que coisas não saiam do controle.

Pois bem, nessa busca por emprego cada um usa um artifício, inventa currículo, aumenta experiência, adiciona cursos e quase todos oferecem 1 ou 2 dias de graça de trabalho pra fazer o teste. Estando em outra país sem conhecer ninguém é claro que a pessoa fica desconfiado de suas “experiências” e não dá abertura pra você explicar seu currículo, mostrar suas habilidades, enfim fazer seus marketing pessoal e profissional. Confesso que já vi muita gente se dando muito bem oferecendo os tais 2 dias de teste mais claro nesse planeta terra onde os seres dominantes são os humanos as coisas podem dar erradas as vezes.

Reprodução: Google

Logo na primeira semana de busca por emprego passando pela região do Templo Bar vi um lugar, dei vontade entrei pedi pra falar com o manager mais como ele não estava quem me atendeu foi o chef da cozinha. Fiz uma apresentação simples e pedi a oportunidade, o cara para minha surpresa era Angolano e falava português e me disse assim: É todo dia chega brasileiro aqui pedindo pra trabalhar e diz ter experiência em restaurante mais depois descubro que é mentira, será que você não será assim? Disse que realmente poderia provar era só me dar uma oportunidade que faria o teste e se ele gostasse eu ficava, caso contrario iria pra casa sem necessidade de pagamento. Ele gostou da idéia e me disse que iria me chamar em algumas semanas. 2 meses depois me liga o angolano dizendo que esta precisando de mim urgente que teria que fazer o teste sexta e sábado tudo sem receber. Pensei pô na hora vou lá sei que realmente vou fazer o trabalho bacana e vou ser contratado. Me ofereci então pra trabalhar os 2 dias free pra ele ver meu trabalho. Trabalhei na ultima sexta por 3 horas, no final ele disse que gostou mais que teria que ir no sábado também porque é o dia mais busy e assim teria certeza se tenho habilidades. Assim eu fiz no sábado comecei as 11 da manhã e fui até 1:30 da madrugada, bom teste não? Praticamente 15 horas de trabalho fudido lavando prato e dando assistência para os chefs. No final ele me disse que iria me contratar sim que tinha gostado do meu trabalho e que era pra levar os documentos na quarta e já ir trabalhar com inicio as 10 da manhã até fechar novamente. Vim embora muito cansado mais feliz por ter conseguido o trampo e ainda por ter provado que conseguia fazer bem aquele trabalho. Dormi 15 horas pra descansar e na segunda feira me liga o angolano dizendo que o patrão gostou de mim mais teria que esperar umas 4 semanas porque iriam abrir o café da manhã e assim sim estaria contratado, disse ok mais iria procurar outra coisa porque não poderia esperar essas 4 semanas, ele disse pra procurar mais se não achasse nada era certeza lá. Fiquei meio frustrado mais bola pra frente porque tinha outra contato em um restaurante italiano. No dia seguinte estava na aula e o bendito angolano me liga dizendo que mudaram de idéia e que estavam precisando de mim na hora, se tinha como ir. Estava na escola que é bem próxima, em 20 minutos estava lá limpando a frente e os banheiros. Depois de 15 minutos com a duvida da mudança repentina, pergunto: O José não me leve a mal mais como vai ficar a questão dos dias que vou trabalhar, do salário, preciso saber pra poder organizar minhas aulas e meus horários. Ele me disse para não preocupar com dinheiro só com o trabalho e no final do dia me passaria tudo certinho e ainda que hoje “aquele dia” seria meu grande teste. Voltei a trabalhar com a pulga atrás da orelha sobre o grande teste porque já havia trabalhado 15 horas que são mais que suficientes pra saber se o nego tem habilidade pra trabalhar nessa posição. Terminar uma parte e fui atrás do angolano, quando me aproximei ele disse que gostava de ajudar os brasileiros pois somos irmãos já que fomos colonizados por Portugal e falamos a mesma língua. Mesmo assim perguntei: To meio em duvida com uma coisa, hoje ainda é teste ou já vou receber? Ele me perguntou meio nervoso porque estava preocupado com dinheiro porque assim eu não estaria interessado no trabalho mais sim no dinheiro, disse: claro que quero o trabalho mais também preciso pagar minhas contas, aluguel, comida etc… Ele me disse assim: O André seus amigos não te disseram aqui em Dublin você tem que trabalhar 1 semana sem receber como teste pra depois entrar no programa e começar a receber, estou achando você muito preocupado com isso concentre-se no trabalho. Dai pensei em 1 segundo por tudo que passei nas 15 horas e disse que estava indo embora porque 2 dias são mais que suficientes pra saber se alguém tem habilidades pra lavar prato e descascar batata e que isso era errado o que ele estava fazendo, Ele não disse nada e agradeci o restante do pessoal que estava na cozinha pois fui muito bem tratado nos dias que trabalhei e sai. O meu “irmão” angolano não falou nada e sai fora.

Reprodução: Google

É uma coisa foda que aconteceu comigo mais serve de aviso pra quem usa essa artimanha de trabalhar 2 dias de graça. É uma boa forma de mostrar interesse mais pode ser perigoso quando se encontra com pessoas mal intencionadas. Acima de tudo: Funciona. Eu já tinha visto falar de alguns lugares que fazem exatamente isso em DRUM DRUM. Imagine só trabalho 1 semana cerca de 12 horas por dia e chega no final de semana e o senhor José inventa qualquer coisa e diz que não preciso ir mais…….. e acho que é isso que acontece mesmo, toda semana tem alguem lá fazendo teste se receber e eles não precisam pagar pelo Kitchen Porter não é mesmo… Como estamos meio que “mendigando” um trabalho as vezes nos submetemos a atividades bem diferentes que não fazemos no Brasil, ai tudo bem e acho muito válido mais trabalhar de graça assim não compensa em um pouco. Portanto fique atento e se certifique muito bem todas as condições, horários, salários e tudo mais depois dos “2 dias de teste”. Claro que não é em todos os lugares que isso acontece, vai de você estar no dia certo, passando pelo lugar certo. Quem quiser saber o nome o lugar pra não ser enganado também deixe um comentário que mando por e-mail.

Hoje mais uma vez estarei indo fazer um teste e vamos ver no que dá, nesse as coisas são mais organizadas e a possibilidade de dar certo será muito grande.

Anúncios

34 comentários sobre “Eu trabalho de graça 2 dias pra vc …..

  1. Pingback: Prefiro minha parte em dinheiro… «

  2. Oi Viviane tudo bem, que bom que esta gostando do nosso material, estamos sempre correndo atras do tempo aqui pra postar os conteudos pro pessoal hehehe

    Abraços e obrigado

  3. So agora estou lendo este post pois descobri este blog ha poucos dias.Informacao muito util.

  4. Pingback: Caso “Angolano” Resolvido « André & Stéfane in Dublin

  5. Não precisa nem sair do Brasil, para passar pela mesma situação aqui também tem muita gente esperta assim. Que usa as pessoas e depois não pagam.

  6. De muita utilidade o Post. Serve, realmente, de alerta. Parabéns por dispensar algum tempo compartilhando suas experiências!!!

  7. hehehe que bom eu tentei aqui num SPAR mais não tive resposta hehehe.

    Abraços e agora com a chegada do verão vou marcar um dia para conhecermos Bray dai vou dar um toque em voces.

    Abraços e sucessooooooooooo

  8. Valeu pela dica, não perco muito tempo revisando.

    Agora quem é vc?
    Acho que você esqueceu de acentuar seu nome porque Português tem acento não é verdade?
    Se você não sabe nem escrever seu nome então para de encher o saco e vá fazer alguma coisa útil.
    Se não gosta de ler errado aqui sinta-se a vontade para não acessar novamente.

    #prontofalei

  9. Por favor, aprenda a escrever em português antes de fazer um blog…

    “e na segunda feira me liga o angolano dizendo que o patrão disse que teria que gostou demais mais teria que esperar uns 4 dias” ???????

  10. Oi André..
    Então, isso aconteceu com o meu irmão também..
    Mas com ele deu certo, ele ficou fixo no lugar, mas ele pediu para sair ontem de lá pq conseguiu no Spar ( ebaaa! ele está mega feliz) é o melhor e que não foi por indicação.. ele entregou sozinho o CV e ficou indo a semana inteira falando com o Gerente, o segredo : persistência!
    Estaremos na torcida por vcs!
    Sucesso!

  11. Fala marcelão bom demais cara. Então aqui é uma loucura mais com dedicação as coisas dão certo.

    Abraços

  12. Cara, muito bom o post, essa tática de oferecer 1 ou 2 dias de teste é bom, mas pensei como administrador mal intencionado, se 4 pessoas vierem me pedir emprego por mês, eu conseguir enrolar eles, tenho gente trabalhando de graça pra mim o ano todo… foda que tenha pessoas assim, afinal somo gente assim como eles, tentando ganhar a vida, e pior, longe de casa ainda. sorte aew na próxima entrevista, em agosto estou indo para dublin, e estarei enfrentando estes administradores mal intencionados,

    manda o nome do lugar por email pra mim

    abraço!

  13. Obrigado pelo carinho de sempre.

    Geralmente as vagas nesses tipos de trabalho são muitasssssssssss horas mesmo. Tem uns que pagam por hora e outros por dia.

    Abraços

  14. Pois é velho pelo serviu serviu como alerta, junto com a NED enviamos pra algumas escolas pra alertarem seus alunos sobre isso.

    Meu cruzeiro ta foda, um dia joga demais outro dorme em campo, mais ainda da tempo de se recuperar…..

    Abraços

  15. OIsssss obrigado pela força e pelo carinho, conheci seu blog e gostei muito. Já coloquei nos meus links ta

    Abraços,

    Te mandei por email o nome do lugar

  16. Pingback: Agora sim – Trabalho « André & Stéfane in Dublin

  17. Nossa que horror…gostei muito do post,irei para Dublin no dia 15, mas é bom saber pois somente assim conseguimos ver se a pessoa realmente é correta com a gente..
    E pode me passar sim o nome do lugar!!

    Beijo

  18. Nossa, mas que coisa, hein? Tem gnt esperta em todo lugar..
    Quero saber o nome do local sim, até pra avisar a meus amigos, no desespero voce se joga no que aparece e acabar se metendo em enrascada..

  19. Pow Andrezão !! Sinto pelo ocorrido, cara. Realmente tem sempre que tomar cuidado com essas pessoas má intencionadas e abusam da sua boa fé. Provavel que ele faça isso com cada um por semana, como vc disse, nunca vai precisar pagar um salario. Mas vai ná fé que tem algo muito bom te esperando. Super abraço, e fica com Deus ae na terra dos leprechauns !! \o (Mais uma coisa, como que o Cruzeiro me vem aqui em floripa e perde para aquele time nojento do Figueirense, como?) haiuhauahhauia…Sou Avaiano YEAH!! \o se cuida Andrezão

  20. Ola Andre,

    deve ter muito dessas coisas por ai mesmo, ainda mais com brasileiros que nao sao tao bem vistos, ai eles aproveitam e usam da gente =[

    Boa sorte pra vc no teste!!

  21. Bom saber que esse tipo de coisa acontece, apesar de nunca ter lido sobre pessoas se oferecerem para trabalhar por alguns dias de graça, confesso que pensava em fazer isso também.

    Valeu pelo aviso!

  22. Poxa q coisa chato isso Andre! Mas mto bom seu post q sirva d alerta p muitos estudantes. Comigo isso nunca aconteceu. Mas com a minha flatmate ja aconteceu algumas vezes sim, e foi exatamente como vc contou. Em hipotese alguma a pessoa deve aceitar isso. Uma semana, onde ja se viu??!! Isso eh trabalho escravo. Vc deveria ir ao Citizens Information na O`connel St e denunciar essa empresa, assim como essa d drundrum. Eles nunca que iriam fazer isso c/ um irish ou qlqr um d EU.
    Um dia em sala d aula essa conversa dominou o dia, e meu professor que eh Irish, ficou totalmente indignado e envergonhado com essa situacao. Ele disse q inclusive, a ideia d 1 dia d teste, parece criativa e tal.. mas q ate isso Irish nenhum aceitaria trabalhar d graca, palavras dele .. enfim… temos q comecara ter o feeling e ponderar onde q ta a chance d conseguir o job e onde ja comeca os abusos ….

    bjss

  23. Poxa vida.. que horrível isso.. 15 horas em um dia??
    Realmente foi cruel, mas como vc disse vale a experiência, o conhecimento de um novo mundo.. querendo ou não a gente sabe que essas coisas acontecem, mas esperamos que nunca aconteça com a gente.. mas como vc falou, bola pra frente que uma hora vai dar certo.. a propósito.. boa sorte no seu próximo teste..!
    E muito bom o post!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s