Passaporte – Parte I

Comentários 2 Padrão

Ontem (06/01) estivemos em Uberlândia – MG pedir o passaporte. Viagem bacana de pouco mais de 2 horas, tirando a chuva o resto foi bom hehehehe. O departamento da policia federal em Uberlândia fica na Av. João Naves, portanto de fácil acesso para quem vem do Alto Paranaíba. Mais a facilidade fica por aqui, o resto na minha opinião ficou por conta da falta de preparo os funcionários para atendimento do publico e falta de educação.

O pessoal da entrada é fenomenal, super educados e dispostos a orientar….. chegamos o fomos encaminhados ao setor responsável.

Primeira entramos e ficamos sem saber em qual guichê se dirigir. Temos que aguardar? podemos nos assentar? tem que pegar senha? Uma poucas placas indicativas já resolveria o problema facilmente, e olho que não fomos só nos que achamos isso. Mesmo com agendamento com hora marcada tivemos que aguardar quase meia hora depois do horario determinado. Com esse tempo pude perceber como funcionava o local, isso depois de pedir permissão pra tirar uma duvida e ser orientado: Senta que vou te chamar pelo nome. 3 atendentes para passaporte e outra para tratar de assuntos de pessoas de outras nacionalidades. Como disse algumas “plaquinhas” informativas deixariam todo mundo mais tranquilo.

Fui chamado meia hora depois do horario original pre agendado. Sentei na mesa e a pessoa pedir os documentos, tiramos a fotos, colhemos a digital e fim. Sabe quando você tem a sensação de que a pessoa destesta o trabalho, que a pessoa fica com uma mão no teclado e outra no queixo, pois é, exatamente isso que aconteceu.

Por fim o protocolo e retorno pra dia 14 pra pegar o dito cujo passaporte. Acredito que o sistema publico deveria levar em contato que estão lhe dando com seres humanos e não animais ou qualquer outra bicho da natureza que por sinal merecem todo respeito. Um simples olá, bom dia, tudo bem não faz mal a ninguém e facilita o processo em qualquer situação, isso sem falar que estão ganhando pra fazer isso, porque ao que parece estão fazendo um favor a Sra. Dilma.

Aproveitando o tema PASSAPORTE, ontem quando cheguei em casa depois de quase 5 horas de viagem em busca do meu passaporte vi essa materia e achei muito interessante. Enquando os FDP dos brasileiros tem que passar por uma burocracia danada, se deslocar quilometros e aguardar quase 15 dias entre agendamente e entrado o bendito os filhos do LULA simplesmente conseguem seus passaporte diplomaticos “em caráter excepcional” e “em função de interesse do país” sem justificativa é claro.

Fonte: O Globo

Anúncios

2 comentários sobre “Passaporte – Parte I

  1. Apesar de ser publicitario nunca fiz parte da redação, o intuito do blog é informar e nisso não temos uma preocupação excessiva com a escrita.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s